“O outro lado da moeda”

uma análise das práticas de negação de direitos das mulheres no cárcere

  • Betânia de Oliveira Almeida de Andrade Universidade Federal Fluminense
  • Pedro Heitor Barros Geraldo
Palavras-chave: Cárcere, Controle, Reivindicação de direitos

Resumo

Esta proposta apresenta uma discussão específica da prática de reivindicação de direitos das mulheres encarceradas. O contexto de negação de direitos produz uma forma muito dramática de demandar atenção dos membros institucionais. “Balangar as grades” se torna num ritual coletivo de reivindicação de atenção que mobiliza os agentes para uma situação específica. Esta prática é sancionada com consequências no tempo de cadeia para as presas. Assim, esta discussão pode contribuir para a discussão dos dispositivos de controle e o ponto de vista dos agentes penitenciários em relação às práticas de reivindicação de direitos, uma vez que a negação dos direitos pode acarretar nas experiências destas mulheres um prolongamento do tempo da prisão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-27
Como Citar
de Oliveira Almeida de Andrade, B., & Heitor Barros Geraldo, P. (2020). “O outro lado da moeda”: uma análise das práticas de negação de direitos das mulheres no cárcere. Revista De Estudos Empíricos Em Direito, 7(2), 33-47. https://doi.org/10.19092/reed.v7i2.466