Sobre a Revista

Foco e Escopo

Missão e objetivos

A Revista de Estudos Empí­ricos em Direito (REED) (ISSN 2319-0817) tem por missão fomentar uma cultura de pesquisa empí­rica no universo do direito. Trata-se de uma revista acadêmica que objetiva, por meio da publicação de pesquisas empí­ricas e de reflexões teóricas sobre pesquisa, contribuir para uma maior abertura da academia jurí­dica à produção de diversas disciplinas que se debruçam sobre algum aspecto do direito.

Há, por detrás deste projeto, a crença de que tanto o aporte de dados de pesquisa empírica quanto a reflexão metodológica e epistemológica sobre esse tipo de pesquisa podem ser fatores de grande contribuição para o avanço do conhecimento do direito enquanto fenômeno social.

Público alvo

O público alvo da Revista são professores, pesquisadores e alunos de pós-graduação de disciplinas que se interessam por aspectos do direito como objeto de pesquisa e pela reflexão teórica sobre pesquisa em ciências sociais.

Linha editorial

A Revista aceita trabalhos de diferentes disciplinas e perspectivas metodológicas, desde que se enquadrem na linha editorial da revista que tem o foco na pesquisa empírica em direito.

A adaptação à linha editorial é avaliada pela possibilidade de enquadrar a submissão num dos três eixos de interesse da Revista: i) resultados de pesquisas empíricas que tematizem algum aspecto do direito; ii) reflexões epistemológicas sobre a pesquisa empírica em direito; e iii) reflexões de cunho metodológico sobre a pesquisa social que possam ser úteis para o pesquisador na área do direito.

A Revista prevê a possibilidade de organizar, a critério dos editores, números temáticos especiais em que as submissões terão também de se enquadrar ao tema proposto. Os Editores se reservam ao direito de não publicar textos aprovados imediatamente, considerando o número máximo de artigos por volume, a priorização de artigos em inglês e espanhol, bem como a relação de exogenia mínima de 75%, isto é, o percentual de artigos com autores fora do estado de São Paulo.

Documentos aceitos

São aceitos para publicação artigos, traduções e resenhas. Os artigos devem ser inéditos, em lí­ngua portuguesa, inglesa ou espanhola e não devem estar sob avaliação para publicação por outros periódicos. A publicação de traduções e resenhas fica a critério dos editores.

Normas de submissão

Verifique as normas de submissão na seção Submissões.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

A avaliação dos artigos será feita inicialmente pela Equipe Editorial da Revista, que aferirá tanto a adequação formal do trabalho às normas de submissão quanto a sua pertinência para a linha editorial.

Após essa primeira etapa eliminatória, os artigos são remetidos para (ao menos) dois avaliadores anônimos que analisam o conteúdo e a qualidade do trabalho, sem conhecimento de sua autoria. Uma vez emitidos os pareceres desses dois avaliadores, os editores decidem pela aprovação direta, aprovação condicionada a modificações ou recusa do artigo. Essa decisão se baseia tanto no julgamento de mérito feito pelos pareceristas quanto no julgamento de mérito e de conveniência para a Revista feito pelos editores.

Os autores dos trabalhos não aprovados podem ressubmetê-los a uma nova avaliação desde que tenham realizado as alterações apontadas pelas críticas recebidas.

Todos os avaliadores são professores e/ou pesquisadores com reconhecida experiência em pesquisa que aborde algum aspecto do direito. Os avaliadores são recrutados tanto por convite da Equipe Editorial quanto por chamadas abertas de recrutamento.

A Revista se esforça para dar uma resposta a todas as submissões num prazo de 6 (seis) meses. Os pareceristas dispõem de um mês para emitir sua avaliação. No entanto, em virtude da eventual dificuldade de se encontrar pareceristas em determinadas áreas e dos atrasos em que estes podem incorrer, esse prazo não pode ser garantido.

Periodicidade

A periodicidade da revista era semestral até o ano de 2016. A partir de 2017, a periodicidade da revista é quadrimestral.

Política de Acesso Livre 

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo.

Licença Creative Commons
Os trabalhos estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional 

Política de Arquivamento 

Esta revista adota 1) o sistema LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe), que permite armazenar e distribuir o conteúdo da Revista a bibliotecas participantes; e 2) o sistema CLOCKSS (Controlled Lots of Copies Keep Stuff Safe), que é baseado no software open source LOCKSS e permite que bibliotecas preservem revistas selecionadas regularmente registradas. Cada arquivo é continuamente validado em relação a outros registros da biblioteca, e se o conteúdo for caracterizado como corrompido ou perdido, os outros registros ou a revista são usados para restaurá-lo.

Patrocínio

A Revista de Estudos Empíricos em Direito é financiada pelo Instituto Rede de Estudos Empí­ricos em Direito (REED) e conta com o apoio do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).